PARA UMA ANÁLISE FEMINISTA E DIALÉTICA DA GLOBALIZAÇÃO NEOLIBERAL: O PESO DO COMPLEXO MILITAR-INDUSTRIAL SOBRE «MULHERES GLOBAIS»

Autores

  • Jules FALQUET Universidade Paris Diderot-Paris VII

Palavras-chave:

Complexo militar-industrial, Militarização, Globalização, Neoliberalismo, Feminismo, Gênero

Resumo

Uma verdadeira perspectiva de gênero implica analisar as situações das mulheres e dos homens dialeticamente, ao mesmo tempo que se tomam em conta as relações sociais de raça e classe, as quais se constroem e operam conjuntamente com as de sexo. Nesse sentido, analisa-se aqui como a globalização neoliberal cria um mercado laboral internacionalizado e informalizado, e suas consequências sobre as possibilidades de emprego para as mulheres e os homens desprivilegiad@s do planeta. Trata-se de colocar em evidência os vínculos entre o aumento das “mulheres de serviço” (trabalho de reprodução social em sentido amplo: trabalho doméstico para famílias ou empresas, trabalho sexual, trabalho procriativo e trabalho de cuidado); e o crescimento dos "homens de armas" (soldados, policiais, vigilantes, mercenários, membros de grupos criminosos, engenheiros da indústria armamentista ou da vigilância global) que se desenvolvem por causa do complexo militar-industrial e da feroz guerra neoliberal por recursos.

Biografia do Autor

Jules FALQUET, Universidade Paris Diderot-Paris VII

Universidade Paris Diderot-Paris VII, França

Sem título – Simone Peixoto, Instalação com xilogravuras sobre Tronco, fotografia de Lígia Minami

Downloads

Publicado

24-05-2022

Edição

Seção

FEMINISMO